A rodovia Transamazônica (BR-230) e a rodovia fantasma (BR-319) foram construídas no período de Ditadura Militar na visão de um projeto de Integração Nacional.

As estradas foram entregues às pressas e poucos anos depois, em 1988, a rodovia fantasma foi fechada devido às péssimas condições em que estava e foi abandonada, por isso recebe esse nome.

A rodovia foi reativada em 1996, e só houveram pequenas modificações próximas a Humaitá, pelo exército. Até hoje há um embate na retomada das obras da estrada, de caráter ambiental e habitacional.

Atualmente, viajar pela extensão da estrada tornou-se uma grande aventura diante das erosões, lama nos períodos de chuva e poeira nos períodos de seca.

Porém, o nosso piloto Newroad, Ion Marcos Lepaus, em mais uma de suas expedições, enfrentará o desafio de passar pela rodovia Fantasma e Transamazônica, somando 7.156 quilômetros de muita irregularidade na estrada.

O piloto partirá no dia 17 de agosto, após o nosso café da manhã, de Fortaleza em direção a Manaus, usando uma Harley-Davidson 1200cc.

Quer acompanhar essa aventura? Siga a hashtag no instagram: #hdtransamazonica e inscreva-se no nosso canal do youtube: https://www.youtube.com/channel/UCli4XazOGoN0CrnmqzLixJQ

Assim você ficará por dentro de tudo que acontecerá na expedição!